Salmón de Chile
Uma indústria altamente certificada

Certificações
De acordo com as altas demandas dos mercados em que o salmão chileno está presente e com um conjunto de políticas de melhoria contínua, as empresas do setor foram certificando-se em vários padrões exigidos por estes mercados, com o objetivo de atender aos padrões de qualidade e melhorar a sustentabilidade e posicionamento do salmão chileno.

As certificações são voluntárias e frequentemente exigidas pelos clientes nos mercados de destino. As certificações ajudam a padronizar e melhorar os sistemas de produção e processamento do salmão, implicando em melhorias nas questões produtivas e também em outros aspectos, como sustentabilidade ambiental e sanitária, bem como nas condições de segurança dos trabalhadores. O âmbito de aplicação da certificação vai desde a produção de ovas até as plantas de processamento do salmão. Entre a diversidade de certificações, destacam-se três de grande relevância para os mercados: ASC (Aquaculture Stewardship Council), BAP (Best Aquaculture Practices) e GAP (GLOBAL GAP).